Sexta-feira, 29 de Setembro de 2006

Quero o meu bronzeado de volta, sff!

Tou farta... mas tão farta... de ver o meu bronzeado desaparecer cada vez que tomo um duche. Feito parvo, não sabe ficar na pele e saltita todo contente para o raio da toalha! Por mais cremes que use e abuse, chega o fim do mês de Setembro e esta é a triste realidade. Mas desta vez não, desta vez vai ser diferente. De três hipóteses, tenho que escolher uma:

 

1) ou deixo de tomar duche - o problema é o cheiro, mas pelo menos fico com o bronzeado!;

 

2) ou deixo de me limpar quando saio da banheira - mas o chão da minha casa é capaz de não gostar;

 

3) ou deixo de usar uma toalha branca - mas isso é "varrer para debaixo do tapete", o bronzeado continua a desaparecer eu não noto é na toalha.

 

Que fazer, que fazer... os comentários é já aqui em baixo...

 

Quarta-feira, 13 de Setembro de 2006

Algumas verdades sobre a masturbação

Isto é mesmo importante... porque ainda há pessoal tacanho que não sabe "certas coisas". Aqui vai:
1. (e bem importante) A masturbação não é um pecado, não é uma coisa suja, nem faz mal (não há cá dessas tretas de se ficar cego ou doente mental, de se ser uma pervertida, não atrofia crescimento nenhum, nem se fica estéril à pala disso);
2. A masturbação é uma compenente saudável e normal do desenvolvimento sexual;
3. É das poucas coisas na vida em que se é "normal" se se fizer e é "normal" se se não fizer, sejamos solteiras, com/sem namorado, casadas, viúvas...
4. A masturbação pode tornar as relações sexuais mais agradáveis - afinal, passamos a saber o que mais nos agrada!
5. Obviamente que é uma coisa pessoal e não deve ser feita em lugares públicos...
6. A masturbação alivia a tensão e o nervosismo, porque liberta endorfinas no organismo (endorfinas são as chamadas hormonas do prazer)
7. Um "massagador facial" é na verdade um vibrador, componente essencial (para quem pode) no prazer pessoal, ou então a dois :)
Tá entendido pessoal? Toca a soltar a franga!!!
Segunda-feira, 11 de Setembro de 2006

Pessoal, voltei!

Pois é, acredito que já estavam com "saudadinhas" da minha pessoa... a verdade é que tirei férias prolongadas, e não me arrependo. Ah Verão, volta! Ansiamos por ti, até para o ano (snif, o meu belo bronzeado vai desaparecer...).
E em que vai constitiur este meu post, perguntam vocês ansiosamente, mal contendo a excitação?
Sugestão de leitura: FHM! Eu passo  explicar: eu sei que sou femininista... eu sei que não posso com as piadas machistas... que aquilo que os homens pensam vale menos que um pintelho... mas na realidade esta revista presta-se a uma boa leitura, bastante agradável. Até tem uma certa piada! Porque é bom saber o que pensa o sexo oposto, e porque muitas vezes constatamos que ainda estão a léguas de distância da realidade.
Agoram corram para o quiosque mais perto e comprem esta revista. 
Última nota - só para as gajas -  lixem-se para o facto de aparecer sempre na capa uma mulher semi-nua (pensem que são sempre muito melhores que aquilo... se as vossas fotos também forem trabalhadas no PhotoShop). 
publicado por Sem Asas às 22:36
link do post | parler avec moi | favorito
Sexta-feira, 7 de Julho de 2006

Fim-de-semana pelo Norte, carago!

pois é... fim-de-semana e uma pessoa tem que aproveitar.  No meu caso em particular, é viajar com um gajo giro, aproveitar as noites lá para o Norte. Vamos para casa de amigos - é óptimo para conhecer novas pessoas. Se calhar voltar para baixo com um gajo diferente, quem sabe? Para além disso, é perto de Espanha, logo talvez "prove" a internacionalização :)
Aproveitem também o fim-de-semana! :)
Estou: tá-se bem...
publicado por Sem Asas às 08:54
link do post | parler avec moi | favorito
Sexta-feira, 30 de Junho de 2006

uma aranha

ainda agora estava aqui no pc (a falar com um gajo extra-bom no MSN) quando uma aranha decidiu passear na minha parede. Em vez de mandar um berro estridente e esperar que um macho salvador me viesse auxiliar, peguei numa folha de papel e esmaguei a criatura. (Não me venham com merdas de defesa dos animais, as aranhas têm direito de existir mas não dentro da minha casa, ok?)
Queria só deixar aqui uma análise: é patético as mulheres entrarem em pânico por causa de criaturas tão minúsculas que podem ser esmagadas com um sapato. Ainda mais patético é ter que exisitr um homem presente para nos livrar do dito animal... quer dizer, ainda se fosse um javali ou um elefante que entrasse pela casa adentro (por improvável que seja), percebia-se o medo. Mas porquê gritar? Qual é a utilidade disso? Se não me engano, o sentido auditivo é o menos desenvolvido na classe dos animais que costumam aparecer de surpresa nas nossas habitações.
Agora, se há coisa que deteste, é o ar presunçoso que um gajo assume quando ouve este tipo de berros (sim, eles conseguem identificar os berros). É qualquer coisa do tipo: "Então babe, precisas que te vá salvar?" Arghhhhhhhhhh...
publicado por Sem Asas às 23:17
link do post | parler avec moi | favorito
Segunda-feira, 19 de Junho de 2006

Ausências...

para quem lê este blog (mas tá tudo doido? quem é que se interessa por este sítio?):
eu sei que me tenho ausentado um bocadinho, mas é normal, estamos em época de exames - sim, estou na faculdade - e tenho um último exame para fazer, ao qual estou a dedicar-me com todas as forças que tenho. Por isso, tenho-me desleixado com o blog... já reparei que tenho mais visitantes (ENA!!) e peço desculpa de não responder aos comentários que vão deixando. Prometo que quando tiver mais tempo vou responder. Por enquanto... divirtam-se e lembrem-se que a vida são dois dias.
Deixo-vos com um provérbio popular: Mais vale um pássaro na mão, do que dois a voar. Não é que goste propriamente da chamada "sabedoria popular", mas... acaba por ser uma grande verdade, cada vez mais percebo isso.
Um grande bem-haja e voltarei para contar as minhas aventuras!!
Estou: cansada, mas hei-de conseguir!
banda sonora: Margarida Pinto - Apontamento
Terça-feira, 13 de Junho de 2006

Vegetarianismo puro

Qual é o cúmulo do vegetarianismo?
É levar uma gaja para trás de uma moita...
                                                              
                                                                      e só comer a moita!
Estou: numa boa
banda sonora: Black Eyed Peas - don't phunk with my heart
Sexta-feira, 9 de Junho de 2006

tenho dito

Ninguém percebe os homens, nem eles próprios. E como poderiam? O raio do cérebro é demasiado pequeno, só tem as funções básicas: comida, bebida e sexo.

 

Domingo, 28 de Maio de 2006

ENSAIO SOBRE O MACHO HUMANO - Parte III

Mas Eva, por muita devoção e respeito que tivesse por Deus, não conseguia aguentar tudo sozinha, mesmo conversando frequentemente com Deus. Precisava de companhia, de outro ser com quem pudesse partilhar piadas que não fossem ordinárias e outras coisas que o homem parecia ter necessidade extrema de fazer. E Deus criou outro ser, à semelhança de Eva e chamou-lhe Lilith. As duas tornaram-se as melhores amigas por serem tão semelhantes, pois tinham as mesmas qualidades... mas Adão estava de olho noutras “qualidades” de Lilith, embora não admitisse a princípio.
Deus viu a felicidade da relação destes três seres e criou para eles viverem o sítio mais lindo à face da Terra: o Jardim de Éden, onde decidiu guardar duas das suas criações preferidas a Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal e a Árvore da Vida, avisando-os que não lá deviam tocar! As mulheres compreenderam isto perfeitamente, mas Adão revirou os olhos sem Deus reparar. E depois de viverem um dia em completa felicidade no Jardim, Eva começou a ver o caso mal parado. Adão decidiu que tinha potência suficiente para andar com as duas ao mesmo tempo. Infelizmente, ter o “instrumento do prazer” sempre a trabalhar provocava uma falta de sangue no seu cérebro, fazendo-o aproximar perigosamente do macaco em termos de inteligência. Darwin estava ligeriamente errado, pois a evolução a partir do macaco é só em termos psicológicos (o seu erro tem desculpa, ele também era homem). Ao perceber o seu comportamento, Deus deciciu castigá-lo castrando-o (a reprodução que se lixasse, depois encontrava outra maneira). Mas Adão não estava para ser privado do seu bem mais precioso, e atirou as culpas todas para cima de Lilith, ela é que era uma grande c****, atirara-se a ele, aproveitar-se das suas fraquezas e como ser fraco que era, ele não resistira… Deus então castigou Lilith e baniu-a para os Infernos. Lá ela conheceu Lucífer Estrela-da-Manhã que ainda andava a remoer a traição de Adão, e juntos planearam a sua vingança. Então Lucífer transformou-se em serpente e foi até ao Jardim de Éden, onde encontrou Adão e convenceu-o a tirar uma maçã da Árvore do Conhecimento do Bem e do Mal e comê-la. Adão ainda teve umas certas dúvidas pois lembrava-se que Deus não era para brincadeiras, mas Lucífer disse-lhe que era assim que ficava superior a Deus, era essa a razão porque não se podia aproximar da árvore. Na sua eterna luta de querer ser o melhor, Adão trincou imediatamente o fruto. Mas Deus apareceu nesse momento.
- O QUE FIZESTE???!!!!!!!!!!!! – O grito de Deus provocou um pequeno sismo no Jardim do Éden.
Adão percebeu a asneira que tinha feito e mandou as culpas para cima de Eva:
- Ah e tal, a Eva convenceu-me a comer, a p*** não percebe onde deve parar...
- PORQUE O FIZESTE???
Com o sentimento de culpa a aumentar, Adão nem conseguiu engolir direito o pedaço de maçã já comido, ficando eternamente preso na garganta. E por isso não conseguiu inventar outra desculpa convincente... Deus ficou extremamente irritado com Adão, mas também com Eva por não o ter controlado como devia. E assim decidiu que aqueles dois se deviam fazer à vida, fora do seu paraíso, trabalhando para ter sustento e tecto sobre a cabeça. Tudo isto devido às manias de grandeza do homem e a sua necessidade de mentir. E a mulher é que levou com as culpas todas ao longo destes anos...
Sábado, 27 de Maio de 2006

ENSAIO SOBRE O MACHO HUMANO - Parte II

cá vem a segunda parte:
Deus ficou de muito mau humor, porque para além de não descansar já há 6 dias sentia que a Sua obra ainda não estava completa. O homem não podia ser a criatura mais perfeita! Eis que se lembrou de criar outro ser, diferente. Sentia que ainda podia fazer melhor, um ser belo fisicamente, mas também inteligente, delicado e sensível, pois reconhecia agora que o homem não tinha nenhuma destas qualidades...
 
Então Deus foi inspirar-se nos lugares mais belos da terra criada: das searas de cereal fez a cor do cabelo, os olhos da cor de uma queda de água, a pele macia e perfumada como a pele dos frutos, os lábios rosados como um figo acabado de cortar, com a graça da gazela e o sentido de humor dos golfinhos... mas faltava qualquer coisa. Então Deus adormeceu Adão (pois assim se chamava o 1º homem) e tirou-lhe uma costela, pedindo mentalmente desculpa ao novo ser por ter em si algo parte de um ser tão imperfeito. E eis que nasceu a mulher, quase perfeita (lembrem-se da malfadada costela), a melhor obra de Deus, e Ele chamou-a Eva, a primeira mulher. E falou com ela:
- Ouve, eu sei que isto vai ser difícil para ti, mas preciso que cumpras uma missão: o homem está incontrolável. Vais ter que o manter debaixo de olho para ver se ele não faz asneiras. Vais ter que satisfazer-lhe os apetites sexuais, pois é algo sem o qual ele não consegue viver. E vais ter que te mostrar inferior a ele embora não o sejas, porque não suporta nada que seja superior, não posso permitir que ele te mate também. Foi assim que o criei pois ainda não sabia o que fazia. Em compensação saberás em ti que és e serás para todo o sempre superior a ele! Quando tiveres necessidade, vem falar comigo.
Eva baixou os olhos, e como criatura graciosa que era, aceitou o seu destino e a sua missão.
Assim foi. Eva encontrou Adão e este ficou encantado com ela, passando a existir Paz no mundo (até porque todos os animais digamos com uma maior vantagem ou foram extintos, ou exilados para os remotos cantos da terra, ou postos ao serviço do homem para a sua completa humilhação – veja-se o que ele fez com os pobres cavalos). E Deus sentiu que podia finalmente descansar, pois a Sua obra estava a salvo com a presença da mulher. E no sétimo dia, descansou.
Entretanto, Adão tentou fazer-se amigo de Lucífer Estrela-da-Manhã, queria contar-lhe as proezas sexuais que conseguia com Eva e isso tudo, mas este fugia constantemente da sua presença. Então o homem decidiu desgraçá-lo, e foi dizer a Deus que Lucífer andava a dizer mal de Eva. Não consentindo que alguém dissesse mal da Sua obra mais perfeita, Deus condenou o Seu anjo mais perfeito a uma vida eterna de desgraças e horrores, e arder no fogo do Inferno. Foi aí que Adão percebeu que Deus não era para brincadeiras...
Não percam amanhã a grande conclusão!

ultimas aventuras

Quero o meu bronzeado de ...

Algumas verdades sobre a ...

Pessoal, voltei!

Fim-de-semana pelo Norte,...

uma aranha

Ausências...

Vegetarianismo puro

tenho dito

ENSAIO SOBRE O MACHO HUMA...

ENSAIO SOBRE O MACHO HUMA...

cenas velhas... mas originais

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

blogs SAPO

subscrever feeds